koe LN

tudo sobre a vida do koe

Dicas para reduzir a celulite 

O sonho de um corpo perfeito, que se encaixe dentro do padrão vigente é enorme ultimamente. Com isso vemos cada vez mais pessoas buscando informações sobre nutrição e tentando deixar para trás a sedentarismo, tentando melhorar os hábitos e em consequência a aparência e também a saúde.

A questão é que existem algumas imperfeições que quando incomodam geram muita perturbação, pois não são tão fáceis assim de serem deixadas para trás. Enquanto algumas mulheres surtam com as suas espinhas ou estrias outras tem como grande vilã a celulite.

Afinal, o que elas são? Quais as causas? É possível resolver o problema? Se sim, como? A seguir falaremos um pouco sobre tudo isso também daremos algumas dicas para reduzir a celulite, jogando esse sofrimento para bem longe de uma vez por todas!

O que são?

As celulites levam o nome técnico de lipodistrofia ginóide, mas explicar do que se tratam é definitivamente bem mais fácil do que compreender o termo científico.

Elas são alterações causadas pelo acúmulo de gordura, de água e de outras toxinas nas células, que acabam inchando e endurecendo. Isso deixa o local que conta com a sua presença cheio de desníveis, além de nódulos estranhos. A aparência externa é a de vários furinhos, também popularmente conhecida como “casca de laranja”.

Elas costumam aparecer principalmente na região dos glúteos e das coxas. É raro encontrar uma mulher que não as tenha, já que 95% da população mundial feminina é afetada pelo fenômeno, mas nem por isso devemos nos acomodar e deixar de tentar melhorar um pouco a situação, né?

As causas

São vários os fatores que justificam o aparecimento das celulites. Entre os principais estão:

  • As alterações hormonais;
  • A flacidez;
  • A gordura localizada;
  • A retenção de líquidos;
  • A má circulação sanguínea;

Como você pode ver não existe uma só razão. Talvez o seu caso seja na verdade uma combinação de fatores, que deve ser estudada e analisada. Para um estudo mais apurado vale a visita a um dermatologista, que pode te ajudar muitíssimo nessa questão!

Como reduzi-las?

Por incrível que pareça existem medidas simples, acessíveis e eficazes para amenizar o problema, melhorando em consequência a autoestima e o amor próprio da mulher em foco. Por isso agora apontaremos algumas dicas para reduzir as celulites que podem ser verdadeiramente transformadoras na sua vida como um todo! Vamos lá?

 

  • Não deixe de se exercitar. Pode parecer um clichê, mas se você faz atividade física queima gordura localizada e melhora a circulação sanguínea, ou seja, combate de uma só vez duas das causas do problema. Caminhar, pedalar e correr são boas pedidas;
  • Uma alimentação mal pensada está relacionada a vários dos motivos pelos quais os malfadados furinhos aparecem, por isso uma das melhores dicas para reduzir as celulites é ter mais cuidado com o que consome. Que tal deixar um pouco os alimentos processados e doces de lado, em troca de legumes, verduras e frutas? Vale a sua reflexão;
  • Beber água é fundamental. Eliminamos boa parte das toxinas acumuladas no organismo (outra causa do surgimento das celulites) através da urina ou do suor. Se você não se hidratar adequadamente prejudicará todo o processo;

 

Seguindo essas dicas para reduzir as celulites você não apenas verá os furinhos nas pernas e no bumbum diminuírem, como melhorará vários outros aspectos da sua vida! Que tal experimentar?

Chá verde: emagreça de verdade!

Você provavelmente já ouviu falar de chá verde. Essa bebida se tornou extremamente popular nos últimos tempos, embora ela já exista há milhares de anos. Sua fama atual se justifica pela promessa de que ao ser ingerido ele é capaz de desintoxicar o organismo, de desinchar o corpo e ainda acelera o metabolismo, o que o tornaria um aliado do emagrecimento.

Mas será que tudo isso é verdade? Bem, ao contrário de outros produtos que juram ter propriedades que na verdade não possuem lidamos aqui com um caso em que os benefícios oferecidos são de fato reais, e o melhor: o feito é comprovado cientificamente!

Há algum tempo um incrível estudo foi publicado pela American Journal of Clininal Nutrition, revista aclamadíssima da Sociedade Americana de Nutrição. A pesquisa se baseava em dividir pessoas acima do peso em dois grupos. Os dois se alimentaram com um cardápio de baixas calorias, mas só o primeiro consumiu de seis a oito xícaras de chá verde por dia.

O resultado? Esse primeiro grupo perdeu 4% a mais de gordura do que o segundo, apesar de terem seguido a mesma dieta. Não é incrível?

cha-verde

Por que isso acontece?

Esse resultado impressionante que a pesquisa mostrou prova outra incrível capacidade do chá verde: a sua ação lipolítica, ou seja, trata-se de uma bebida que ajuda na eliminação da gordura.

Aliando isso ao aceleramento do metabolismo que ele oferece, a desintoxicação que proporciona ao organismo e a capacidade de facilitar a digestão ele acaba se mostrando um poderoso parceiro para aqueles que desejam muito perder peso. 

Mas atenção: dois ou três golinhos por dia não bastarão. Se você quer colocar esse chá na sua vida para conquistar objetivos rapidamente é preciso ter disciplina e isso inclui fazer exercícios sempre, reeducar a sua alimentação e claro, ingerir pelo menos cinco xícaras da iguaria diariamente!

Outras vantagens

Não podemos negar que o chá verde já tem uma gama respeitável de benefícios que oferece, mas ainda existem outras vantagens em consumi-lo que nem todos conhecem.

Quer alguns exemplos? Aí vai…

  • Ele faz bem para a pele de verdade, graças as suas altíssimas concentrações de antioxidantes, muito mais fortes e efetivos que outras substâncias famosas por atuarem contra o surgimento precoce de rugas, como as vitaminas C e E e os carotenos;
  • Ajuda a prevenir cardiopatias, já que é muito eficiente em reforçar as artérias e diminuir o colesterol ruim. Além disso, também apresentam a capacidade de bloquear o acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos;
  • Algumas análises ainda em fase inicial apontam que ele melhora a memória daqueles que o consomem;
  • É ótimo para a prevenção de inflamações na gengiva e também combate tumores malignos, especialmente na região da boca e da mama;

Como preparar corretamente?

Embora não haja nenhum segredo na preparação desse chá é importante conhecer bem todo o processo, pois é esse cuidado que determina a potencialização da sua funcionalidade no nosso organismo!

Primeiro coloque a água para ferver, idealmente um litro. Quando aparecerem as primeiras bolhas desligue e faça ali a infusão de duas colheres de sopa da erva. Abafe por três minutos, coe e está pronto! Depois é só beber e então aproveitar todas as propriedades que essa maravilha vem oferecer!